AYURVEDA

A ciência da vida com cinco mil anos

Ayurveda, a medicina tradicional indiana, teve origem há mais de 5000 anos, sendo o sistema de tratamento, cura e prevenção de doenças mais antigo do mundo.

Ayurveda significa em Sânscrito ciência (veda) da vida (ayur) e tem como finalidade manter a saúde do ser humano e curar todos os desequilíbrios que nele possam existir através da alimentação, fitoterapia, Yoga, meditação, exercício, massagem e um estilo de vida adequado ao seu biorritmo e meio ambiente.

De acordo com a Ayurveda, tudo é composto por cinco elementos – panchamahabhutas, em Sânscrito: ar, água, fogo, terra e espaço. Esses elementos combinam-se para formar os três doshas, Vata, Pitta e Kapha, ou tipos metabólicos.

O conceito de constituição (prakriti em Sânscrito) é o coração da medicina ayurvédica. Esta ciência ensina que existem três constituições individuais, ou biótipos humanos, os doshas. Todos os seres humanos têm em si algum tipo de combinação de Vata, Pitta e Kapha, que é a sua prakriti.

É a descoberta desta constituição individual que permite entender quais os estilos de vida e alimentação recomendáveis para um indivíduo, e que lhe trarão harmonia, mantendo o seu estado de saúde.

Os três Doshas

É a combinação dos cinco elementos primordiais – panchamahabhutas – que dá origem aos Doshas.


Vata – Ar e Espaço

Vata é o princípio governante do corpo. A influência de Vata no ser humano pode ser comparada à ação do vento na natureza. Como o vento, Vata está sempre em movimento e tende a ser rápido, frio, seco, áspero e leve. As áreas do corpo associadas a Vata são o intestino grosso, pélvis, ossos, pele, ouvidos e coxas. Pessoas com Vata como seu Dosha preponderante têm um raciocínio rápido e perspicaz, e são suscetíveis a ansiedade, pele seca e obstipação.


Pitta – Fogo e Água

Pitta governa a digestão e o metabolismo, é responsável por todas as transformações bioquímicas que ocorrem no corpo, e está estreitamente envolvido na produção de hormonas e enzimas. O Pitta no corpo é comparado ao princípio do fogo na natureza – ele queima, transforma e digere. É quente, aguçado e ácido. As áreas do corpo associadas a Pitta são o intestino delgado, estômago, glândulas sudoríparas, a pele, o sangue e os olhos. Pessoas com preponderância de Pitta são normalmente muito inteligentes e têm uma personalidade impulsiva, pele oleosa, e são suscetíveis a doenças do coração, úlceras estomacais, inflamações e azia.


Kapha – Água e Terra

Kapha é responsável pela força, crescimento e imunidade. A área do corpo associada a Kapha é o estômago. O peito e os pulmões produzem muco, assim como a garganta, cabeça, seios e fossas nasais. A boca e a língua produzem saliva, outro fluido Kapha. A língua é o órgão do paladar, sentido que pertence a Água. Outros locais são o tecido adiposo, cerebral, articulações, a linfa e o pâncreas. Pessoas com kapha como seu dosha preponderante tendem a ser emocionalmente e fisicamente fortes e resistentes. São calmas, amáveis e pensativas. São de natureza doce, leal e carinhosa, muitas vezes evitam o confronto e são suscetíveis à obesidade, diabetes, congestão nasal e problemas de vesícula.


A Ayurveda defende que um dosha desequilibrado interrompe o fluxo natural de energia vital, prejudicando a digestão e permitindo a acumulação de resíduos no corpo, o que dificulta ainda mais a circulação de energia e a digestão.